[Fluxo de caixa, por que é importante?]

Fluxo de caixa, por que é importante?

Saiba criar um fluxo de caixa e entender o porquê ele é uma ferramenta altamente eficaz para o seu negócio!

Falar de finanças da sua empresa não é uma tarefa fácil, não é? E quando falamos de fluxo de caixa? (Tem gente que até treme nesta hora! rsrs)

Eu diria que sim, é muito mais fácil do que se imagina tratar as finanças e principalmente com o fluxo de caixa nas mãos.

A primeira coisa que você deve fazer é procurar uma ferramenta para te ajudar, e eu espero que você não tenha pensado em um martelo. Esta ferramenta pode ser um sistema integrado ou sistema online desses baratinhos que você paga mensalmente e acessa pela web de onde quer que você esteja (desde que com acesso a internet) ou aquela velha e impressindível planilha em "Excel"!

A partir do momento que você tem uma ferramenta, precisa organizar seus recebimentos e pagamentos por dia. Essa tarefa por mais chata que seja, a partir do momento que fizer a primeira vez, ficará cada vez mais fácil realizar as próximas, até mesmo porquê, normalmente as despesas na sua grande maioria se repetem mensalmente. "Ahhh, mas eu tenho a conta de luz que varia de um mês para o outro!!" Sim! Assim como ela, existem algumas contas que são de valores varíaveis de um mês para o outros, por isso, você cria um valor médio e lança este valor provisionado pelos próximos 12 meses ou até o mês de dezembro do ano subsequente, se neste último caso você deseja criar um fluxo e realizar o acompanhamento anual (Sugerido por nós).

A partir do momento em que você tem todos os pagamentos e recebimentos lançados, você começa a ter um fluxo de caixa. "Mas é só isso?" Sim, inicialmente apenas isso, pois a partir daí você começará a analisar o seu fluxo em um prazo mais curto, 1 semana, 15 dias ou 30 dias, dependendo do que deseja realizar.

Com o fluxo de caixa em mãos, você começa a verificar se há "descasamento" entre os recebimentos e os pagamentos no período. Quando ele é positivo, maravilha, significa que você está vendendo e recebendo mais do que está gastando, porém, quando os gastos superam sua receita, é um sinal de alerta!

A maioria das empresas vão buscar soluções financeiras como empréstimos, financiamentos ou na grande maioria dos casos, utilizar o tão 'MARAVILHOSO' limite de crédito ou também conhecido como cheque especial, depois do caos já formado, o que se torna ainda mais caro o dinheiro oferecido pelos bancos e financeiras.

Caso você se organize com seu fluxo, sua vida financeira ficará clara e assim conseguirá ter tempo para tomar as melhores medidas e também, as mais baratas.

Quando você olha em seu fluxo de caixa e verifica que o saldo ficará negativo daqui uma semana, você já toma as medidas necessárias para resolver este problema, vendendo mais, fazendo uma promoção para pagamento a vista, negocia melhor com o gerente do seu banco no que diz respeito às taxas e prazos, assim, ele pode oferecer entre diversas outras possibilidades melhores para o seu negócio e para você.

Então se você não tem um fluxo de caixa pronto, é hora de começar a pensar a respeito, ou melhor, comece a fazer o seu fluxo de caixa, Isso trará uma tranquilidade muito maior para você e seus negócios.

Se ainda tiver dúvidas, entre em contato conosco, teremos o prazer de lhe ajudar.

 

Forte abraço e até a próxima!

Categorias

Newsletter

Cadastre-se e receba as próximas edições.